31 de março de 2008

Até mais, Mariângela

Mariângela veio.
Mariângela se foi.


Tão pouco um mês para dividi-la com a vida,
para dividi-la com as ruas do Recife,
os cheiros as comidas as ondas do mar...
os amigos as irmãs e a Bruxa Má do Leste...
Tão pouco um mês para dividir-me entre ela e a vida
e as crianças o trabalho o teatro o Coque Cajá


Nos olhos dela, e nos meus, ficou um mundo sem palavras,
de coisas não ditas,
de vontade de dizer.


A despedida, sem aviões nem gentes dando Adeus:
ela saindo, andando pela minha rua...
e um abismo se estendendo entre nós


Como ponte sobre ele, a saudade do que não fizemos agora,
mas fizemos outrora:
ciranda no Pátio, passeio em Olinda, banhos de mar,
quilos e quilos de bobagens ditas.


Fiz planos que não pude cumprir.
Quis roubar Mariângela do mundo.
Não deu.
Leia mais...

18 de março de 2008

Solidão acompanhada

Vem de novo a eterna sensação de estar no tempo errado,
no mundo errado.
Essa estranheza que, de repente, colore as coisas e as gentes...
e uma solidão esquisita,
solidão acompanhada:
estar cercada de amigos e,
ao mesmo tempo, só.
Esse sentimento de impotência -
de querer ajeitar as coisas,
mas não saber muito bem onde elas devem ficar.
De querer endireitar algo, quando não sei,
sequer,
se quem está fora de lugar sou eu ou o mundo.
Vontade de me juntar com outros
que sintam algo assim como eu.
Mas não sei onde começo a procurar.

(quem sentir algo assim ou parecido, por favor, poste-me um comentário. Sozinha, estou de mãos atadas e um grito preso na garganta...)
Leia mais...

3 de março de 2008

Quem são os terroristas?

Este é Raul Reyes, um dos principais porta-vozes das Farc - Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.
Os grandes jornais e TVs chamam-no de terrorista.
O presidente dos Estados Unidos, George Bush, chama-o de terrorista. O governo colombiano de Álvaro Uribe acusa-o de terrorismo.
Ele foi assassinado no último sábado por militares colombianos.
Foi morto quando negociava a libertação de reféns.
Foi morto em território equatoriano, onde estava atuando em missão de paz. Outras 16 pessoas morreram com ele.

O presidente norte-americano se considera democrático.
A mídia de todos os países o considera democrático.
Ele forjou pretextos para inventar uma guerra. E quer muitas outras, em troca de petróleo.
Ele é co-autor e mentor de cada ação de Uribe.

O presidente Álvaro Uribe se diz interessado no processo de paz.
A mídia de todos os países o trata como um interessado no processo de paz.
Ele invade um país que não é seu para assassinar.
Ele mata guerrilheiros que se reuniam para negociar a libertação de reféns.

Pergunto: quem são os terroristas???
Leia mais...
 

Palavras-pontes Design by Insight © 2009