5 de janeiro de 2009

1 minuto de silêncio

Há imagens que não necessitam de palavras.
A pequena Somaeah Hassan, palestina, está morta.
Foi uma das centenas de crianças abatidas por Israel na faixa de Gaza.
Tinha 6 aninhos, a idade de minha Anaís.
E só de pensar nisso, meu coração emudece.
Pensar que minutos antes da chuva de fogo,
ela poderia brincar com uma boneca,
sorrir,
ou pedir ao pai que lhe contasse uma história...
Um minuto de silêncio para a pequena Somaeah.
Um minuto de silêncio para as crianças palestinas.
Um minuto de silêncio para o povo palestino.
Um minuto de silêncio para a gente repensar a vida
e a morte.
E leiam o Sapoti de Japaranduba, de Urariano Mota.
Ele tem muito mais a acrescentar.

1 comentários:

Magna Santos disse...

Luna, eu estava de férias e distante dessas notícias todas. Estava no paraíso também, onde notícias ruins não chegam. Porém, eis-me aqui de novo.
Bom mesmo seria podermos perpetuar o banho de mar e ver crianças brincando sem medo, bom seria que os pais pudessem segurar em seus braços, a vida. Bom seria se não precisássemos de minutos de silêncio. Bom seria se os vitoriosos se sentissem derrotados, como verdadeiramente o são.
Que Deus abençoe a todos!
Beijo.
Magna

 

Palavras-pontes Design by Insight © 2009