23 de setembro de 2008

Ponte quebrada

Algo me falta.
É o velho hiato que me chega.
De mansinho, como sempre,
a me pautar a necessidade de refazer caminhos.
Preciso do meu grupo de teatro.
De livros.
De estudos.
Preciso me sentir criadora.
E criativa.
Algo que vá além da criação de textos para jornais.

Há uma ponte quebrada nos rumos de minha andança.
O mal é que sob ela há um abismo sem fim.
Atravessar este poço é reconstruir a ponte dependurada sobre o buraco negro.
E eu não sei por onde começar.

0 comentários:

 

Palavras-pontes Design by Insight © 2009