27 de dezembro de 2010

A tal mineira

Seu nome é Sulamita. E não é uma mulher qualquer.
Suas habilidades se revelam na palavra,
na cozinha,
e, principalmente, no caráter.

Com ela eu aprendi a ser jornalista.
E isso significa buscar a verdade,
ainda que nos ofereçam dela apenas um lado,
ainda que nos ponham viseiras para impedir de ver o sol.

Com ela eu aprendi a brigar,
a não ser capacho de quem quer fazer de nossas palavras, sombras.

Com ela eu aprendi a me dar valor.

(Só não aprendi a tostar os torresminhos, que prefiro comer em casa de mineira).

Parabéns, Sula!!! E obrigada.

PS: Aproveitem e visitem aqui o blog da mineira

1 comentários:

Sulamita Esteliam disse...

Muitíssimo obrigada, Fabi. Claro que todos nós gostamos de elogios, mas suas palavras me emocionaram às lágrimas.

Também aprendo muito com você, todos os dias...

Xêro.

 

Palavras-pontes Design by Insight © 2009